Esqueça tudo que você sabe sobre a Hollister. É mentira!

Não existem dúvidas de que a Hollister está entre as marcas queridinhas dos jovens do mundo todo. No Brasil, esse favoritismo, talvez, seja mais visível. Temos certeza que você vê, diariamente, dezenas de pessoas usando camiseta com o logo enorme estampado no peito, ou bermudas com um grande Hollister na coxa. Porém, a marca tem mentido pra todos durante estes anos em busca de arrecadar novos clientes. Se você já ouviu a história da Hollister, pode esquecer porque é tudo mentira!

Esqueça tudo que você sabe sobre a Hollister. É mentira!

Antes de tudo, deixa eu te explicar um pouco melhor o que está acontecendo. Em um artigo publicado na revista The New Yorker, o escritor Dave Eggers desmente toda a história da marca. Isso porque é normal as marcas de todos os segmentos de mercado contarem sobre sua origem ou histórias emocionantes para nos mostrar seus valores – na publicidade, isso é conhecido como storytelling -, mas parece que a Hollister foi um pouco além e inventou anos de uma farsa no meio dessa história.

Se você não conhece a bela história falsa da Hollister, ela começa há exatamente um século atrás, em 1915, com John M. Hollister, um jovem que passou sua adolescência surfando nas praias de Maine, estado norte-americano. Neste ano, John se formou na faculdade e não quis seguir uma vida como a do seu pai em Manhattan, então mudou-se para as Índias Orientais Holandesas, na Ásia.

Durante a compra de uma plantação de borracha, ele se apaixonou pela filha do proprietário, uma jovem chamada Meta. Os dois casaram-se, depois venderam as terras, compraram um veleiro e viajaram pelo Pacífico para conhecer os artesões locais. Essa, realmente, está sendo uma bela história.

Apenas dois anos depois do começo de sua jornada, em 1919, John voltou para os Estados Unidos e um ano depois tiveram um filho, John M. Hollister Jr., mas, a primeira loja do casal só foi aberta em 1922 em Laguna Beach. Sim, 1922 é aquele mesmo número que sempre está presente nas peças da Hollister.

A loja cresceu, o filho do casal assumiu os negócios e começou a incluir peças esportivas e equipamentos de surfe. E com o tempo, a Hollister se tornou uma marca conhecida mundialmente, estampando milhares de peças de roupa pelo mundo todo. Mas, como eu disse no começo, pode esquecer tudo isso porque é mentira. Segundo o Dave Egger, a Hollister foi criada apenas em 2000 pela Abercombrie & Fitch – quase 80 anos depois daquela data contada na história – em Ohio.

Toda essa história, segundo o artigo, foi inventada pelo fundador da marca Mike Jeffries, mas os problemas não param por aí. A revista Exame, em seu artigo sobre a mentira da Hollister, ainda lembra uma matéria publicada pelo jornal Los Angeles Times traz denúncias de moradores da cidade de Hollister, na Califórnia, de que a marca teria roubado o nome da cidade.

Sim, está ficando feio, mas ainda não acabou. Esses mesmos moradores dizem que a Abercrombie & Fitch faz ameaças contra comerciantes locais que fizessem roupas insinuando a mentira da marca.

Como dito no começo do texto, o storytelling é uma técnica comum na publicidade para aproximar as marcas do público alvo, mas parece que a Hollister passou muito do ponto e, ao invés de contar história, acabou inventando…

[mc4wp_form]

Moda Jovem Masculina

Moda Jovem Masculina é um site administrado pela agência digital Fantasma Redator com a ideia de trazer a moda para o dia a dia dos homens jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *